Pedro Potier

Pedro Potier nasceu em 1975 em Lisboa. Desde que lhe deram um lápis para a mão e descobriu que podia fazer disso vida, tem ilustrado de tudo um pouco. Publicou banda desenhada em Portugal na revista Arte 9 e nas Selecções BD. Depois de uma curta passagem pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, optou por seguir uma formação em animação na empresa MagicToons, onde trabalhou durante um ano como artista de storyboard e animador.
Para a Animanostra, trabalhou como animador em várias curtas metragens e fez banda desenhada: as aventuras do cão dos Patinhos, Pantufa, publicado semanalmente no Correio da Manhã. Fez publicidade, manuais escolares, e teve alguns trabalhos publicados em comics americanos da Image Comics e Alias Enterprises.
Em 2008, começou a trabalhar no ramo dos videojogos, primeiro na Gameinvest, como artista concetual. Em 2010 realizou o sonho de ilustrar manuais de roleplay para a empresa Mongoose Publishing, onde fez a arte de alguns jogos de tabuleiro e de cartas. Em 2012 entrou para a Biodroid como concept artist.
Em 2015 inaugura os estúdios de Lisboa da Marmalade Game Studio, nas funções de Lead Artist. É nesse ano também que realiza o número 4 da minissérie “Crossed Wires” para editora Bluewater.
Pedro Potier é o artista da história “O Destruidor de Azalur” do primeiro volume de Apocryphus.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *