Pedro Daniel // Designer

Tinha pensado em escrever uma biografia cheia de elementos fantasiosos-épicos, como fazem os líderes norte-coreanos ou o Trump, mas depois alguém levava a coisa a sério e era um sarilho.
Assim sendo, remeto-me aos factos, como eles são, sem operações de charme, sem palavras demasiado bonitas e sem retoques na maquilhagem.
Sou um designer gráfico de 41 anos (42, quando este livro for parar às suas mãos, caro leitor), ando nisto desde o virar do século, e sou o que se pode chamar de generalista. Não tenho uma área específica, porque não me posso dar ao luxo de só fazer (especificamente) aquilo que gosto (e aquilo que mais gosto é de fazer capas de discos). Por isso, dentro daquilo que é a área do Design Gráfico, tento fazer de tudo um pouco.
Após alguns anos como “criativo” numa pequena agência de Lisboa (período em que conheci o Miguel Jorge, um dos pais deste projecto) embarquei, em 2001, num solo-flight que dura até hoje. A liberdade de movimentos, de decisão e de cometer os meus erros e aprender com eles tem sido a melhor experiência que eu podia pedir.
Em 97/98, comecei a usar o alias Phobos Anomaly Design para assinar todos os projectos relacionados com música alternativa/independente.
Paralelamente, existe ainda um percurso musical, com BeforeTheRain (uma banda que provavelmente nunca ouviram falar), tendo com eles lançado dois álbuns. Fiz também parte, temporariamente e para sempre, de outra banda que desejam nunca ter ouvido falar, os Comme Restus (nego tudo aquilo que tenham eventualmente ouvido, mas também confirmo).
Sou um pai de família (que inclui um gato horrível) com gostos simples e pés grandes, que sofre de insufiência renal e faz diálise. Um dia destes vou ter um rim de uma pessoa que morreu, mas que terá a sua própria biografia. Nessa altura farei outro texto, que inclua a vida do rim alheio, até chegar à minha pessoa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *